Ativar detector de Fraude em emails Gmail

Por | 09/02/2015

Você com certeza já deve ter recebido um ou vários emails de bancos (Itaú, BB, Caixa), lojas virtuais famosas (como Casas Bahia, Wallmart, Ponto Frio), gateway de pagamento (Pagseguro, Paypal), etc, solicitando que você acesse a página e faça algum cadastro ou simplesmente clique em algum link no email no qual você irá atualizar seus dados e confirmar algum pedido, dentre outras situações.

Já deve ter visto também muitos emails que lhe causaram espanto, como os que dizem que você foi indiciado ou que um processo foi aberto em seu nome e outros em que diz que um boletim de ocorrência foi feito para você.

São várias as invenções desses estelionatários, que buscam a todo custo capturar suas informações pessoais, como senhas e dados bancários.

É preciso estar muito atento e nunca deixar-se levar pela euforia ou emoção, pois o preço poderá ser alto.

Detector de Fraude no Gmail

O Gmail, ciente dessa grande demanda de Spam, malwares, hackers que estão a todo momento enviando emails maliciosos para várias pessoas em todo o mundo, desenvolveu um sistema anti-fraude, que ainda está em fases de testes e pode ser incluído ou excluído do Webmail do Google.

Esse recurso ajuda o usuário a descobrir se o conteúdo do email, juntamente com o título da mensagem, é realmente verdadeiro ou trata-se apenas de mais um caso de fraude. Dessa forma, uma chave amarela aparece ao lado dos emails enviados por esses remetentes que quase sempre são vítimas desses hackers, como o Ebay, Paypal, Casas Bahia, etc.

Como fazer

Para fazer sua ativação, siga os passos:

1. Entre no seu Gmail e clique em ‘Configurações‘:

2. Acesse a guia ‘Labs‘:

3. Escola a opção ‘Ícone de autenticação para remetentes verificados‘e salve as alterações:

E prontinho! Agora os emails verificados aparecerão com um ícone amarelo, mostrando a autenticidade do email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.